Print Friendly, PDF & Email

Em 2019, o número de microempreendedores individuais (MEIs) no país ultrapassou pela primeira vez a marca de 9 milhões (Out/2019), segundo dados do Portal do Empreendedor do governo federal. Alta de 21,6% em 12 meses (no final de setembro de 2018 eram 7,42 milhões).

O empreendedorismo tem se tornado a solução para os problemas do desemprego. Por exemplo, o Rio de Janeiro encerrou o terceiro trimestre deste ano com 1,287 milhão de pessoas desempregadas, segundo o IBGE. A taxa de desocupação no estado ficou em 14,5% – a maior do Sudeste.

Em contrapartida, aumentou em 61 mil o número de pessoas trabalhando por conta própria no estado, sendo que 43 mil destas pessoas não possuem CNPJ, ou seja, atuam na informalidade.

Os dados são bons, mas a situação do carioca pode melhorar.

Como gerar mais renda e emprego?

Wagner Siqueira conversa com o professor Koffi Djima sobre como o empreendedorismo comunitário pode ajudar a alavancar os pequenos negócios e tirá-los da informalidade.

A entrevista também destaca o projeto que o professor Koffi realiza em conjunto com o Centro Universitário São José, Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e o Sebrae.

Veja a conversa na íntegra.