Print Friendly, PDF & Email

“Há algo no ar além dos aviões de CARREIRA!”

…ou será que “há algo de podre no reino da Dinamarca?”

 Há muito o CFA dispõe de uma Câmara de Negociação e Arbitragem. Há muito ministra cursos e seminários de Mediação e Negociação para conselheiros federais e regionais. Algumas vezes até os oferece para profissionais registrados. Mas nem sempre!

“Quem sabe faz, quem não sabe ensina”, diz Bernard Shaw. Numa simples questão de resolução de conflitos com uma empresa contratada para prestação de serviços de informática, como bem diz entre outras questões relevantes, o Adm. Mauri Costa, Presidente do CRA-PE, em ofício próprio e amplamente divulgado às lideranças de nossa entidades (inteiro teor do ofício neste post), os seguintes destaques precisam ser feitos:

-…”nós, do CRA-PE, já esperávamos o trágico desfecho em que se transformou a relação contratual mantida entre o CFA e a empresa prestadora de serviços, Fattoria Web…”

– …” em defesa da sobrevivência, a curto prazo, do Sistema CFA/CRAs, no momento de colapso gerencial ( pelo menos os CRAs contemplados pelo SIFA)…”

– “ Para nós, é absolutamente irrelevante a tentativa do CFA de justificar a interrupção contratual enfocando os dois quesitos constantes dos processos…”

– “ No nosso entendimento, o que faltou mesmo foi uma gestão profissional mais criteriosa na administração da prestação das obrigações contratuais…”

– …” sob pena de se abater sobre o Sistema um prejuízo, gerencial e financeiramente irrecuperável. ”

– “entre nós temos o costume de pensar, e dizer, que QUEM FEZ O NÓ QUE O DESATE! (grifo nosso)

Quem diria, “ Greta Garbo, logo logo, acabou em Irajá”, por reiteração compulsiva de desmandos.

A “Administração da Incompetência Compartilhada”, não só causa enormes prejuízos morais, tecnológicos e financeiros ao Sistema CFA/CRAs, como também promove um retrocesso gerencial e funcional jamais visto: em 5 meses, consegue retrogredir 5 anos.

Casa de Ferreiro, Espeto de Pau!